De todas as palavras que eu disse, nenhuma me surpreendeu tanto.
continua
em destaque
Eduardo Lourenço

Na sua análise de Portugal como Destino, Eduardo Lourenço afirma que Garrett e Herculano refundaram a pátria porque, «pela primeira vez e de uma maneira mais radical do que acontecera nas raras mas fortes crises que pontuaram a nossa história de nação independente. continua
Luciana Stegagno Picchio

Meu caro Eduardo:
Dedico o Verão à leitura dos ensaios contidos nos Estudos Portugueses e que vocês todos quiseram oferecer-me. Leio e agradeço. Há tanta coisa boa neste livro que talvez o meu nome fique só por ele. Livro de referência, além de que de amizade.
continua
Jacinto do Prado Coelho

Meu prezado Amigo:
Por mais que cogite, só encontro uma pessoa realmente indicada para escrever uma nota crítica sobre o último livro de Vergílio Ferreira – Invocação ao Meu Corpo. Venho, pois, pedir-lhe um pequeno texto (1 ou 2 páginas dactilografadas)
continua