De todas as palavras que eu disse, nenhuma me surpreendeu tanto.
continua
em destaque
Eduardo Lourenço

Na sua análise de Portugal como Destino, Eduardo Lourenço afirma que Garrett e Herculano refundaram a pátria porque, «pela primeira vez e de uma maneira mais radical do que acontecera nas raras mas fortes crises que pontuaram a nossa história de nação independente. continua
José Blanco

Queridos Annie e Eduardo
A vossa excelente companhia em Leipzig foi para mim um grande, um enorme prazer. Gostei imenso de os ver, a ambos, em tão boa forma física e psicológica. Guardo – e guardarei sempre – na memória a sua extraordinária intervenção,

continua
O relógio dos 500 Anos e o tempo brasileiro
O ensaio “Quinhentos Anos” foi publicado em Visão, Lisboa, 17/09/1998, p. 114. No Acervo Eduardo Lourenço-Dossier Tempo Brasileiro há uma versão datilografada (4 p.), assinada, com correções manuscritas, datada em Vence, 7/09/1998, continua