De todas as palavras que eu disse, nenhuma me surpreendeu tanto.
continua
em destaque
Eduardo Lourenço

Na sua análise de Portugal como Destino, Eduardo Lourenço afirma que Garrett e Herculano refundaram a pátria porque, «pela primeira vez e de uma maneira mais radical do que acontecera nas raras mas fortes crises que pontuaram a nossa história de nação independente. continua
Jesús Munárriz

Querido amigo,
Muito obrigado pela sua carta. O prólogo que me envia, da edição de «Archivos», é magnífico pela sua concisão e por apresentar sinteticamente os grandes temas de Mensagem. Algo parecido iria muito bem na nossa edição, embora com a nuance de se dirigir a leitores espanhóis, com tudo o que isso implica.
continua
Luís de Sousa Rebelo

Meu caro Eduardo Lourenço,
Foi para mim um grande prazer tê-los tido aqui em Londres e só tenho imensa pena que este admirável convívio não possa ser mais frequente. Farei tudo para que isso seja possível. Conversar consigo, ouvi-lo e dialogar foi uma oportunidade inesquecível
continua